Baú de Traços & Troços
Nascer,morrer, renascer ainda, tal é a lei (Kardec)
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos
OBSESSÃO
Então, tudo se fez pequeno diante daquele piscar de olhos sutil e sensual. O mundo à sua volta parou ou se acabou. Pouco importava. Apenas aquela dormência indolente( ou insolente?) dominando os sentidos e a deixar que a inércia, ao sabor dos prazeres vis, lhe oferecesse o leito do ara. Enfim seu sacrifício de amor pela   sublimação a serviço da submissão. Tudo isso num piscar de olhos. Num estalar de dedos. No sibilar do chicote.
palhinha
Enviado por palhinha em 09/09/2020
Comentários