Baú de Traços & Troços
Nascer,morrer, renascer ainda, tal é a lei (Kardec)
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
13/11/2014 00h47
DESABAFO DE IMPROVISO(1:05 da madruga)

Gosto de ouvir e falar com espíritos. Um dos genros se borra de medo. As melhores horas, fora das reuniões para tanto, são as da madrugada, quando tudo se aquieta para o descanso natural dos normais. Nem sempre durmo cedo. Com a idade o sono se reduziu a algumas horas. Cinco dessas é o bastante, imagino. Hoje tenho lembrado Cachoeiro de Itapemirim, minha terra natal. Mas, não a Cachoeiro de hoje mas a de ontem. De quando eu fazia meu périplo quase diário, embora noturno, pela Pinheiro Jr. Ia contente e volta feliz. Uma beleza. Ou ainda nas tardes luminosas que acolhiam os clássicos entre Estrela e Cachoeiro. Lá estava eu com a 8 estrelada, ao lado de Josias, Renato Pinto, Volmir, Lico, Zinho etc.etc. Aquelas sim é que eram as belas tardes de domingo. Mas tudo isso para dizer que ouço e falo com espíritos. Pois é isso mesmo. Sobre tudo isso e muito mais é que falo com eles. Com quem mais poderia ser? Cachoeiro hoje traz sua cultura sob grades. A cidade ficou suja e feia( ou mais feia como dizem seus detratores). Os grandes poetas se foram e seus ditos e escritos pouco divulgados. São, ironicamente, ainda ilustres, porém desconhecidos, Como também o são os nóveis da categoria. Ainda ontem um deles me fustigou: - pensando na Ilha da Luz? Perda de tempo. Ela está lá, mas não existe. Paciencia. Mesmo assim qualquer dia passo lá para conferir. Mas o clamor da torcida do Estrela até hoje toca em meus ouvidos e alimenta minha alma. 


Publicado por palhinha em 13/11/2014 às 00h47
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.